Universidade do Algarve está a ser avaliada pelos alunos

A Universidade do Algarve está a ser avaliada pelos alunos. À primeira vista, a ideia parece estranha, mas está a ser levada a cabo por um grupo de alunos que lançou o site www.avaliacoes.info, onde os estudantes podem avaliar as cadeiras e os serviços da Universidade.

A ideia não é nova noutros países mas, em Portugal, a Universidade do Algarve é pioneira. Segundo Joaquim Costa, aluno da Universidade que teve a ideia de lançar o site, «esta ideia já tem dois anos, depois falei com colegas com conhecimentos de programação e decidimos juntar-nos para avançar com o projecto».Na UAlg, a avaliação já era feita em algumas faculdades, mas de outra forma, como explicou Joaquim Costa ao «barlavento». «Sou aluno da Faculdade de Economia, que costuma solicitar aos alunos uma avaliação das cadeiras e posteriormente afixa os resultados, mas, em outras faculdades, isso não era feito. O que pretendemos também foi estandardizar a avaliação para todos os cursos».Joaquim Costa considera que este é «um novo contributo à qualidade de ensino. É uma ferramenta de trabalho para os docentes, que podem identificar o que os alunos consideram que não está bem e podem melhorar a sua forma de leccionar».

O estudante explicou ainda que, apesar de esta não ser uma avaliação directa aos professores, «funciona um pouco como um protesto em relação ao novo estatuto da carreira docente, que exclui os alunos da avaliação».

O site foi lançado no passado dia 5 de Novembro e, desde então, o feedback tem sido positivo. «Os próprios professores vêem com bons olhos esta ferramenta, uma vez que não é uma avaliação directa ao corpo docente e sim às cadeiras que leccionam», adiantou Joaquim Costa.

Para utilizar o site e avaliar um dos cursos da Universidade do Algarve é feito um registo por parte dos estudantes, onde se identificam e indicam o número de aluno.

A partir desse registo, podem avaliar individualmente as cadeiras de cada curso e os vários serviços como as cantinas, os serviços académicos, ou de acção social, sem a divulgação da identidade.

«O facto de a participação ser anónima dá aos alunos à-vontade para expressar a opinião», defende Joaquim Costa.

Os resultados da avaliação estão disponíveis para todos os visitantes do site, que até têm sido muitos. «O site ainda está um pouco numa fase embrionária, temos tido muita gente a visitar, mas poucos fizeram a avaliação. Nas próximas semanas, vamos apostar na divulgação junto das várias turmas para dar a conhecer o projecto».

13 de Novembro de 2009 | 14:21

Artigo: Jornal Barlavento Algarvio

Anúncios

A sua opinião tem importância!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s