"Odores e insegurança afectam Gambelas"

Exmo. administrador dos SAS Dr.º Amadeu Cardoso

Na qualidade de aluno assíduo da cantina do Campus de Gambelas, venho por este meio alertar vossa excelência para a necessidade urgente da reparação do exaustor do refeitório, pois os gases que se acumulam naquele edifício não são benéficos para a saúde e bem estar dos clientes e funcionários. Também o cheiro que fica nas vestes dos alunos cria um certo mau estar entre a comunidade académica, principalmente quando se confeccionam fritos ou outro tipo de pratos que façam proliferar um odor activo.

Gostava que a minha Associação Académica já o tivesse contactado, mas devido ao seu típico comportamento conformado e preguiçoso, tomei a iniciativa de dar a conhecer o problema para uma resolução mais imediata.

Talvez os membros da AAUALG não frequentem a cantina ou devido às constipações típicas desta altura do ano, ainda não tenham sentido o odor que lá se sente.

Aproveito ainda para por vossa  excelência a par de uma ocorrência que se sucedeu no Lote O (onde habito). A cerca de duas a três semanas, eu encontrei 3 indivíduos que estavam a consumir drogas dentro do edifício (nas escadas), eu abordei os indivíduos e convidei-os a sair, pedido que não foi atendido por estes. Decidi então chamar a GNR, que entrou no prédio, identificou os indivíduos e teve uma longa conversa com estes (cerca de 30 minutos). Desde essa data, os indivíduos não voltaram a entrar para consumir drogas mas entraram no prédio para deixar ameaças escritas no placard da entrada. As ameaças tinham um tom violento tal como, “Vai haver bala para os chibos”, o que pode ser um presságio para problemas de segurança na zona ou contra membros da residência, no entanto ainda não houve registo de nenhum incidente com aquele grupo de indivíduos.


Aluno XXXX
Anúncios

5 pensamentos sobre “"Odores e insegurança afectam Gambelas"

  1. Boa tarde SimõesNão concordas com o meu comentário é um direito que te assiste como é óbvio.Aproveitando a deixa do Aluno X, como pensas combater a falha de comunicação de que falas? Essa é que é a questão…De qualquer das formas, este blog não é da agora que envia email's aos estudantes com noticias da nossa academia. Não é novo e sabes bem disso.Nunca aqui foi publicado nada que não estivesse devidamente comprovado com factos. Também deves reconhecer isso. Não é por ter perdido as eleições que vou mudar a dinâmica desde blog que remonta desde a sua criação, e já lá vai muito tempo.Se seguires este blog, saberás muita coisa em primeira mão, como eu saberei outras por vocês.Estamos todos aqui para o mesmo, logo a difusão de noticias é sempre bem vinda, acho eu…

  2. OK SimõesJá agora quando foi tempo de eleições a conversa era bem outra. vocês vinham ter connosco muito preocupados, e agora é: "qualquer aluno interessado, que me comunique ou a outro membro da DG, para serem informados do que se está a fazer"Estás a criticar o facto do Joaquim Costa publicar este artigo no seu blog. No entanto assumes existir uma falha de comunicação que quanto a ti não será feita através de email ou blog. "Penso que há uma falha na nossa academia: a falta de comunicação, e não é através de blogs ou mails com conhecimento"Será como então?Aluno X

  3. Bom dia, desculpa Costa mas não posso concordar com o teu comentário.Se realmente o aluno se queixou a quem devia, então não faça referências a outras entidades.Segundo, fala de colegas que o representam (e representarão sempre) em tom irónico! Está explicito quando se refere às constipações.Nós tentamos estar constantemente a par das condições dos nossos serviços como é normal. Mas claro que estamos sempre prontos a receber todos os alunos para nos transmitirem todo o tipo de problemas/preocupações. Penso que há uma falha na nossa academia: a falta de comunicação, e não é através de blogs ou mails com conhecimento que poderemos agir, venham ter connosco. A actual DG tomou posse há 3 semanas, não nos chegou qualquer tipo de queixa relacionada com a cantina. Preguiçosos? A nossa DG encontra-se a trabalhar e bem, deixo o convite a qualquer aluno interessado, que me comunique ou a outro membro da DG, para serem informados do que se está a fazer. Para finalizar, como é perceptível o Presidente da AAUAlg, Guilherme Portada, assim que teve conhecimento deste caso entrou em contacto com os SAS.Cumprimentos,João Simões

  4. Caro colega residente no lote O,foi com agrado que constatamos a vontade e pro-actividade do colega em melhorar as condições da nossa mui nobre Instituição que é a Universidade do Algarve.Como o colega deve saber a Associação Académica da Universidade foi há pouco tempo a votos, tendo os órgãos tomado posse no dia 14 de Janeiro (há pouco mais de duas semanas). Infelizmente não nos chegou antes qualquer alerta em relação a este problema e agradecemos o facto do colega nos ter informado da situação através do e-mail enviado ao Dr. Cardoso, Administrador dos Serviços de Acção Social da Universidade do Algarve.Tive já oportunidade de falar pessoalmente com o Dr. Cardoso e de ser informado que todo o material necessário à reparação do problema. Eu próprio irei estar atento à resolução do problema, pedindo aos Serviços de Acção Social a maior celeridade possível na resolução do problema.Com o desejo dos maiores sucessos e sempre disponíveis para trabalhar com qualquer colega na melhoria da condições da nossa Universidade,Com as mais cordiais saudações académicas,Guilherme Sabrosa Apolinário PortadaPresidente da Direcção-Geral da Associação Académica da Universidade do Algarve

  5. Caro colega da Direcção GeralAntes de mais o post não foi da minha autoria, como podes verificar, está assinado Aluno X por motivos de segurança.Já que desconheces, não é a primeira vez que esta situação acontece, mas uma de varias. Na minha opinião o colega em questão queixou-e a quem de direito na primeira instância, o administrador dos serviços de acção social, que é o responsável máximo pelas residências universitárias.O colega que escreveu esta noticia não falou mal de ninguém. Apenas constatou uma realidade..PS- A DG resolve sim, até onde as suas competências o permitirem… deviam, podem e devem representar uma fonte de pressão junto dos SAS. Se assim não for então como pensam resolver a questão que aqui já denunciei à uns meses?Saudações

A sua opinião tem importância!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s