Senado fantasma da Universidade do Algarve aprova por unanimidade Grau de Doutor Honoris…

No passado dia 7 de Abril de 2010 pelas 18:58 foi enviado à comunidade académica um convite para prestigiarmos a atribuição Grau de Doutor Honoris Causa ao escritor Pepetela com a nossa presença, no próximo dia 28 de Abril, pelas 16.00 horas, no Grande Auditório do Campus de Gambelas. Até aqui nada de anormal.

No comunicado, o magnifico Reitor recorda que esta decisão partiu de uma proposta do Conselho Científico da FCHS e foi oportunamente aprovada por unanimidade no Senado da Universidade do Algarve.

No passado dia 21 de Fevereiro de 2010, nós membros do Conselho Geral recebemos  a documentação referente aos pontos da ordem de trabalhos da reunião de 01 de Março,  onde constava na nota Introdutória da Proposta Reitoria-Plano de actividades 2010 :

“…Encontra-se ainda pendente a instalação do Senado Académico (em fase de eleição dos seus membros)…”

Em abono da verdade e do rigor, coisa que nem sempre abunda por estas bandas, é preciso dizer com todas as letras que o Sr. Reitor mentiu a este respeito.

O Senado Académico não está constituído muito menos em fase de eleição dos seus membros como o Sr. Reitor afirmou no plano de actividades que apresentou ao Conselho Geral para aprovação.

E assim vamos nós por cá …

Anúncios

9 pensamentos sobre “Senado fantasma da Universidade do Algarve aprova por unanimidade Grau de Doutor Honoris…

  1. Em relação às eleições para o Senado Académico não vou tecer qualquer tipo de comentário, porque desde que sai da AAUALG, poucas foram as vezes que fui à Universidade e poucas informações tenho da instituição. No entanto espero que toda essa situação se resolva o quanto antes, pois apesar de ser um órgão consultivo, os estatutos da Universidade do Algarve têm que ser cumpridos.
    Abraço

  2. Caro Joaquim Costa,

    O Senado da Universidade do Algarve aprovou por unanimidade a atribuição do Grau Honoris Causa ao escritor Pepetela, no ano lectivo 2008/2009.
    Eu estive presente nesse senado e por isso é que faço este esclarecimento aqui.
    No entanto dou-te razão, pois não faz sentido, existir um órgão nos estatutos da Universidade e o mesmo não se encontrar em funcionamento.
    Um abraço.

    • Caro Eduardo Gonçalo,

      Obrigado pelo esclarecimento. Já tive oportunidade de ver as transcrições da acta do senado universitário, antigo órgão dos extintos estatutos. Realmente, já tive oportunidade de postar uma Retratação relativa ao “Senado Fantasma…”.

      A verdade é que, a comunicação de atribuição do título Honoris Causa ao escritor Pepetela à comunidade académica não faz essa distinção. Na pesquisa aos documentos disponíveis à data da publicação desse artigo, na página da Universidade, não constatava nenhuma acta que indicasse que a deliberação tinha ocorrido no extinto órgão. Também foi preponderante o facto de o Sr. reitor ter anunciado no passado dia 21 de Fevereiro que o senado académico encontrava-se em fase de eleição dos seus membros e de não corresponder propriamente à realidade…enfim.. há luz dos novos dados disponibilizados,(e aqui podia se colocar a questão do quórum mínimo, mas não vou entrar por ai), já assumi a minha quota parte de culpa. Ma se isto aconteceu é porque a disponibilização da informação solicitada e não solicitada não circular da melhor forma.

      De qualquer das formas, peço desculpa pelo lapso da informação. Pode ver o artigo da retratação em: http://www.joaquimcosta.com/2010/04/retratacao-relativa-ao-%E2%80%9Csenado-fantasma%E2%80%A6%E2%80%9D/

      Cordialmente

  3. Caros internautas,

    Dado que o comentário identificado por Susana Silva, gerou uma onda de contestação por parte de alguns utilizadores deste sitio que se insurgiram de forma mesmo própria à pessoa errada, por engano ou não, decidi após conversa com a mesma retirar os comentários menos abonatórios realizados por os mesmos estarem a ser associados à pessoa errada.

    Fica esclarecido que a Susana Silva que fez o comentário não é a mesma pessoa que pertenceu ao NPFE.

  4. Boa tarde,

    Deparei me com uma situação um tanto complicada, 1º não sabia do post do Costa muito menos que uma tal de Susana Silva tinha comentado e pior que haviam pessoas a associar tal comentário à minha pessoa.
    NÃO FIZ COMENTÁRIO ALGUM, O POST EM NOME DE “SUSANA SILVA” NÃO CORRESPONDE À MINHA PESSOA…ISTO QUE FIQUE PARA TODOS BEM CLARO.
    Respeito o facto de existirem pessoas que não gostem de mim mas não admito que me insultem e ponham em causa o meu trabalho e órgãos que sempre tentaram fazer algo melhor (NPFEUALG e JSD).
    MAIS UMA VEZ SUBLINHO NÃO FIZ QUALQUER COMENTÁRIO!
    O Costa está a par de tal situação e sabe que pura e simplesmente não me meto em tal situação.

    Espero que as pessoas pensem o quanto foram injustas já que me associaram a algo que de mim não tinha nada.

    Melhores cumprimentos,

    Susana Sofia B. Silva

  5. Meus caros tenham moderação nas palavras que a seu tempo irei dar uma explicação esclarecedora sobre esta polémica.

    Posso adiantar-vos que fui ameaçado como até então ainda não tinha acontecido de uma forma tão clara.
    No mais tardar amanhã farei um comunicado detalhado.

  6. Sinceramente que comentário mais tendencioso.

    Pelos vistos você acompanha este blog, no entanto não reflecte esse conhecimento na sua exposição! Aconselho-lhe a reler o post “Por que será que o Sr. Reitor guarda as actas da Assembleia Estatutária de 2008 no seu gabinete?”.

    O Joaquim Costa é daquelas pessoas que não fala por falar, peca muitas vezes pela veemência das palavras é certo, mas não tem mau carácter ao contrario de você que escreveu o que escreveu a pedido de alguém concerteza, aliás, começa a ser um hábito seu.

    Sabe muito bem que o Sr. reitor não tem por hábito facultar a documentação pedida apesar de ser obrigado a isso. E se ler o tal post que atrás evidenciei, poderá constatar essa verdade.

    Se o JC escreveu o que escreveu foi com base na informação disponibilizada e não de outra forma. Se pesquisar os artigos deste blog, verá que até à data não existiu um aluno tão minucioso na sua investigação. O melhor exemplo é a questão de uma disciplina ter quatro ou cinco preços diferentes na Universidade do Algarve. Se sabemos tal coisa é devido à investigação que ele fez.

    O seu comentário foi pior que o artigo.

  7. O Senado actual não está constituido, de facto. Mas a Universidade teve um Senado em funcionamento, que aprovou muitas coisas. Há que ver..

A sua opinião tem importância!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s