Novas regras vão reduzir o valor das bolsas de estudo atribuídas aos estudantes universitários.

A nova Lei 70/2010 do dia 16 de Junho irá reger a forma como são calculadas as bolsas para os Estudantes Universitários;

  • A anterior Lei dividia o agregado familiar de igual forma por todos os elementos da família e daí surgia o valor que indicaria se determinado Estudante teria ou não direito a bolsa e, em caso afirmativo, qual o valor da mesma.

Ex.: Um agregado familiar de 1200€ numa família de 4 elementos constituída pelo pai (1), mãe (1), Estudante do Ensino Superior (1) e um Estudante do Ensino Básico/Secundário (1) era dividido da seguinte forma: 1200/(1+1+1+1) = 1200/4 = 300€;

  • A actual Lei vem dividir o agregado familiar de forma desigual por cada elemento da família e daqui surge o valor que indicará se determinado Estudante terá ou não direito a bolsa e, em caso afirmativo, qual o valor da mesma.

Ex.: Um agregado familiar de 1200€ numa família de 4 elementos constituída pelo pai (0,7), mãe (0,7), Estudante do Ensino Superior (1) e um Estudante do Ensino Básico/Secundário (0,5) é agora dividido da seguinte forma: 1200/(o,7+0,7+1+0,5) = 1200/ 2,9 = 413,79€;

Facilmente se subentende que agora cada Estudante, aos olhos da lei, terá ao seu dispor uma maior quantia do agregado familiar do que anteriormente (mesmo não havendo alterações no agregado familiar) e que, por isso, muito provavelmente já não terá direito a bolsa;

Segundo o Administrador dos Serviços de Acção Social “neste momento, mesmo ainda sem aplicar o regulamento da Lei 70/2010 , cerca de 100 alunos do universo de 1500 bolseiros da UAlg já se encontram teoricamente sem direito a bolsa e espera-se este valor suba até aos 300 (20% dos actuais bolseiros).

Fonte: Filipe Faria

Anúncios

Um pensamento sobre “Novas regras vão reduzir o valor das bolsas de estudo atribuídas aos estudantes universitários.

  1. Aí estão elas: continhas e mais continhas de merceeiro para diminuir ou aumentar PNBs, defices, indíces de produtividade etc ao sabor das necessidades políticas, e agora mais uns cálculos mesquinhos para retirar a famílias já carenciadas mais um apoio financeiro. Sabe-se que cada Euro que o governo investe no sector da Educação é multiplicado por 4 (ou 5 ?) em investimentos no sector privado.

    Classificado: Procura-se governantes com boa formação em Economia ou com experiência de vida e bom senso equivalentes para governar país à beira mar plantado em risco de afundamento

A sua opinião tem importância!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s