"Desapareceram 180.894,96 € da Associação Académica"

Vou concluir este espaço de discussão com o mesmo propósito que o iniciei: Informar e fomentar a discussão de todas as matérias que nos dizem respeito directa ou indirectamente enquanto estudantes da Universidade do Algarve.

ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA

Nem tudo está mal, as festas estão cada vez melhores, as praxes este ano correram bem, conseguiu-se mobilizar largas dezenas de Bestas e Académicos (maioritariamente), para uma manifestação frente à Câmara Municipal, para contestar o horário de encerramento do recinto de recepção ao caloiro. No meu ver bem! O ataque não foi à vida académica que essa continua na rua do crime, foi às finanças da associação. A verdadeira motivação desta manifestação chama-se euros. O resto é maquilhagem.

A AAUAlg tem uma política baseada no dinheiro, no lucro que secundariza os verdadeiros interesses dos estudantes.

Vou dissecar parte do Plano de Actividades e Orçamento para 2010, apresentado na Assembleia Magna de 28 de Maio de 2010, numa sexta-feira à tarde, convocada no dia 27 de Maio pelas 10h02 no site oficial da Assembleia Magna.

“O Facebook e o Twitter são os que mais população abarca…pretendemos criar contas para a AAUAlg de forma a chegar mais perto dos seus estudantes, oferecendo-lhes informação através dos meios com que mais se familiarizam.”

No passado dia 26/04/2010 realizou-se as eleições para o Senado Académica e nem uma referência a este acto solene. Pior do que isto, foi o facto da direcção geral ter-se posto à margem do processo eleitoral desde a homologação dos novos estatutos da UAlg em 2008. Completamente ausente. Vejamos:

  • As eleições realizaram-se com um atraso de mais de 12 meses.
  • Elaborou-se um regulamento eleitoral completamente descabido. Qualquer aluno arriscava-se a ser eleito sem manifestar qualquer vontade para tal. A votação fez-se por sufrágio directo sem direito a campanha. Votávamos em quem quiséssemos, uma séria homenagem à teoria do caos.
  • Quase todas as Unidades Orgânicas não respeitaram o calendário eleitoral na íntegra. A falta de informação foi gritante. Estudantes eleitos com apenas 5 e 7 votos num universo de milhares.
  • O período de reclamações passou de 3 dias para 4 horas em algumas escolas

Enfim, um verdadeiro hino à participação académica sem dúvida. Nem no site da Magna publicou-se…

Não me vou alongar muito mais, porque, mais do que palavras deixo-vos um retrato muito aproximado da imagem que a esmagadora maioria das comunidades académicas têm das respectivas associações de estudantes e dos seus representantes em geral. Será que esta imagem tem alguma razão de ser? Vejamos o Orçamento 2010:

O que há a reter deste último quadro, é a gritante incongruência dos dados apresentados. Por outras palavras, os valores do quadro final divergem da soma dos quadros intermédios. Se considerarmos que os 31.210,00€ de proveitos financeiros não constam nos orçamentos dos pelouros por qualquer lapso, então o saldo seria de 149.684,96€ e não de 17.618,24€.  Se não considerarmos esse valor, então podemos verificar que o saldo final foi de 180.894.96€ o que é bem diferente dos 17.618,24€.

Indo um pouco mais além, é perceptível ver na última coluna que todos os custos foram inflacionados. No total mais 158.681,01€ de custos e menos 22.213,95€ em receitas.

Questionei o tesoureiro e o  presidente da associação académica acerca desta anomalia no orçamento, pedi que nos dessem um exemplo de algumas rubricas como proveitos e ganhos extraordinários e proveitos suplementares, visto que, nem todos os presentes dominam a linguagem técnica. As tentativas de esclarecimento sucederam-se, no entanto o tesoureiro não conseguiu justificar nenhum dos valores do orçamento.

A cereja em cima do bolo foi o presidente do Conselho fiscal na apresentação do parecer do órgão.

Antes da minha intervenção, congratulou-se pela cooperação entre o Conselho Fiscal e a Direcção Geral  elogiando o documento apenas com as seguintes ressalvas:

“…consideramos que existem, actualmente, gastos elevados e desnecessários .” Quais custos ???

“…vem dar um parecer positivo pois acredita na total execução de todas as actividades apresentadas e no cumprimento rigoroso do Orçamento proposto.”

Quer dizer, um orçamento que é elaborado pelo tesoureiro e que depois é alvo de um parecer do Conselho Fiscal que tem por missão verificar a consistência do documento não detectou qualquer incongruência. Acreditar só não dá. Estas coisas são como o dinheiro, foi feito para contar, mas só o pode fazer quem o tem…

O  presidente da Assembleia Magna levou a proposta a votação quando deveria fazer exactamente o oposto, até que o documento fosse rectificado, uma vez que foram identificado vários ”lapsos”.  Foi aprovado com os votos dos membros que compõem os órgãos da AAUAlg.

Foi dito que o parecer do Conselho Fiscal e o Plano de Actividades e Orçamento 2010 iria ser disponibilizado nos sites institucionais, mas só o primeiro é que realmente o foi. O Orçamento se foi rectificado não se sabe porque não disponibilizaram, no entanto,  guardei uma cópia do documento que aqui pode consultar a ‘inconsistência da informação.’

Aceda: PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO 2010 PARECER DO CONSELHO FISCAL 2010

O que me assusta é ver gente jovem a apadrinhar e comportando-se com os vícios dos adultos perversos, lendo e seguindo a catecismo da difamação e da perseguição sem o mínimo de reflexão e de atitude critica. Preferem alinhar no salve-se quem puder, no egoísmo em toda a sua dimensão e na transformação da mentira na verdade conveniente.

Basicamente estão-se nas tintas ou simplesmente procuram o estatuto de dirigente associativo para uns exames extra, e que venha a festa que é isso que move as massas ou pelo menos algumas.

Anúncios

37 pensamentos sobre “"Desapareceram 180.894,96 € da Associação Académica"

  1. Infelizmente a tua decisão de concluir este espaço de informação é irreversível, o que por um lado deixa-me uma certa nostalgia. Deste a tua palavra que assim iria ser e assim fizeste. Pelo menos deixa o blogue activo para consulta. Foste um grande exemplo do que deveria ser o associativismo.

    Pessoas como tu não se encontram ao virar da esquina.

  2. “De qualquer das formas obrigado pelo comentário neste espaço que não voltará a publicar artigos relacionados com a Universidade do Algarve.”

    Gostaria de o apoiar no sentido contrário ao que aqui mencionas. Acho que tens feito um excelente trabalho.

    As verdades têm de ser ditas. Se nao se dignam a contradize-las com documentos que comprovem o contrario, só nos envergonha o facto de esta associação nada diferir da vergonha de governo que temos.

    Ca “em baixo” estes meninos imitam o que se faz “la em cima”.

    Tenham vergonha.

  3. Porque não se manifestam contra a própria associação de estudantes?…
    Porque não uma queixa à reitoria e/ou ao conselho geral?…

    Sugestões de quem já viu muito…

  4. Acompanhando diariamente este site, a cada dia que passa se reflecte melhor o “bom estudante” português… aproveitam estas situações para “lavar roupa suja” e escrever frases do género “não merecem respeito nenhum”, quando na realidade, se somos nós, os jovens, o futuro despe país, temos que, em 1º lugar ter respeito por todos e educação com todos, quer gostemos ou não, só depois podem apelar ao espirito critico da sociedade… se vivemos numa sociedade em que é vaiando os outros que pretendemos “subir”, assim nunca Porugal sai desta situação, muito menos a AAUAlg… Concordo que devemos questionar certas atitudes dos que estão agora, mas para isso, temos de nos lembrar que um dia pode ser um de nós a estar numa situação parecida, e é importante pensar como gostariamos de ser abordados com este genero de questões, para que as coisas sejam bem resolvidas. e seria desta forma que gostavam, de ser abordados?! a ler a maioria dos comentários, mesmo sem conheer as pessoas, penso que não…
    é uma sugestão que fica, abordem as outras pessoas, como gostariam de ser abordados por elas…só desta forma conseguimos a tão desejada aproximação dos estudantes…

    • Ó Sara aqui ninguém está a lavar roupa suja.

      Não vi nenhum comentário nesse sentido, mas posso dizer-te que já recusei alguns que continham linguagem menos própria e com sérias acusações. Só não publiquei porque não foram devidamente fundamentadas. Isso sim, seria lavar roupa suja…

      Acredita que a AAUAlg não está falida economicamente, talvez eticamente e moralmente.

      Se alguém aqui faltou ao respeito não foram os autores dos comentários. Mas esta é a minha opnião e vale o que vale.

      De qualquer das formas obrigado pelo comentário neste espaço que não voltará a publicar artigos relacionados com a Universidade do Algarve.

      Saudações académicas

  5. O que este artigo demonstra e sem qualquer contestação, é a falta de carácter e formação dos vários intervenientes que compõem os órgãos da Associação.

    Uma verdadeira vergonha, até para a instituição Universidade do Algarve, que , não tem só a missão de formar profissionais, mas fundamentalmente, formar cidadãos, pessoas…

    O mais incrível é que ninguém veio a passo desmentir ou justificar seja lá o que for. E na minha óptica, quem cala consente!

    Se até o governo rouba, este meninos sentem legitimidade para seguir o exemplo que vem de cima e os estudantes da UALG assinam por baixo pelo fraco pensamento crítico. Na altura da última campanha eleitoral ouvi pessoas a dizer que iam votar na lista tal porque lhe deram x isqueiros ou outros brindes quaisquer.

    Não vale a pena dizer mais nada quando qualidade da massa critica é esta na sua larga generalidade.

    Costa, um bem haja porque és o último dos últimos grandes HOMENS que esta situação viu nos últimos anos.

  6. Caro Costa,

    Deixa-me primeiro dizer umas palavras que não posso deixar dizer. Terminaste a tua missão académica e espero muito sinceramente que tenhas tudo de bom, desejo-te a ti o que desejo para mim.

    Aos escreveres neste espaço podias estar sempre em contradição, podias estar sempre errado, que terias de certeza a convicção de expurgar o teu pensamento e a tua visão. Outro elemento marcante foi e é a forma como tentas traduzir questões por vezes ambíguas e confusas para gente que nunca te irá dar valor e isso é o serviço público no seu mais nobre significado.

    Uma ou outra vez, e quando aconteceu fui claro contigo, não concordei com a forma de exposição ou a pertinência da exposição pública que fazias num ou noutro artigo. Mas isso deve-se à tua maneira de intervenção, que goste-se ou não, é a tua.

    Estivemos numa luta pelo despertar de consciências e sem rodeios não nos legitimaram. Hoje tenho receio, muito receio dos que hoje estão com poder para fazer algo pelos estudantes da UALG e não fizeram, sejam os dirigentes que amanhã estarão à frente de organismos públicos. Sim públicos, porque no privado não terão hipóteses se não forem competentes. Volto a frisar, tenho receio por quem legitimou “ontem” estes proclamados nossos representantes, “amanhã” não tenha aprendido com o erro.
    Mas não descartaste o teu sentido de missão e andaste sempre em cima do acontecimento, como é teu apanágio.

    Os alunos estão cansados dos exemplos que todos os dias nos chegam dos ditos profissionais da politica. E é claro que quando as listas são compostas por muitos militantes da juventudes partidárias e cedo demonstram incompetência a situação só irá perdurar. Como sabes e aqueles que me conhecem sabem, sou militante activo numa juventude partidária e tal como tu não tenho medo de chamar incompetente a ninguém quando for preciso. Nem mesmo aos que são militantes do mesmo partido que eu. São incompetentes, não servem, já chega de sermos complacentes com a mediocridade. Temos de elevar o mérito de quem merece e separar o trigo do joio.

    Abram todos os olhos e vejam quem desta actual DG irá-se recandidatar. Foram incompetentes, certamente haverá outros alunos com valor para defender os propósitos dos seus colegas. Sim defender, algo que ninguém sente neste momento. Todos temos dúvidas acerca da intenção com os que ostentam o poder.

    Se nunca se atravessaram por ninguém da maneira que fizeste, Se nunca disseram nada quando o Sr. Director dos Serviços da Acção Social agrediu a comunidade escolar…defendem quem?

    O mais grave disto tudo, é que se ninguém gritar alto e declarar a incompetência transcrita nos factos, como tu Joaquim apresentas, muitos meninos mais tarde irão apresentar no seu C.V.a passagem na AAUALG como acrescento de valor, mesmo sendo incompetentes e irão passar à frente daqueles que tem princípios e valores e que de boa fé até votaram neles.

    Já vai longa esta carta aberta de gratidão pessoal pela tua partilha ideológica sem fim.

    Escrevo de bem longe mas atento a tudo que se passa na minha Universidade de sempre.

    Termino com um Obrigado Costa e se conseguires manter este espaço vai gritando aqui para os alunos que nunca deixaram de acreditar em nós, porque esses graças a ti, são mais e ainda acreditam.

    Um Abraço

    • Caro Tiago,

      Não tenho palavras para agradecer o empenho que empregaste nos nossos projectos comuns, e da frontalidade com que sempre nos brindamos mutuamente. Falo muito a serio e sabes disso.

      A vida não é feita só de vitórias, como a competência não é uma regra onde quer que vamos. Da AAUAlg não vale a pena dizer muito mais, porque quem tem olhos e dois dedos de testa já percebeu claramente os sanguessugas que são e quem são…

      Mesmo mantendo um low profile em relação à postura, ainda insistem em dizer mal de mim de forma gratuita. Talvez deva ir mais além do que os 180.894.96€ que ninguém sabe onde estão…

      Grande abraço

  7. Como diz o ditado : “É mais fácil apanhar um mentiroso do que um cambado.”

    Realmente o nível do Costa está muito acima do vosso…Quer moralmente, eticamente, tecnicamente e capacidade de trabalho. O Ponto forte é a visão.

    Não é por acaso que colocou a celebre frase de Peter Drucker:

    “Não seremos limitados pela informação que temos. Seremos limitados pela nossa habilidade de processar essa informação.”

  8. O anônimo que escreveu o comentário nº 25é um autêntico garoto. Sinceramente…

    É que estiveram umas três dezenas e algumas pessoas e só ele é que ouviu falar em 181 mil euros…

    Muita falta de formação e uma cobardia fazer este tipo de afirmações sem dar a cara. Deves ser um dois ratos molhados que andam nesse esgoto que é a AAUAlg actual.

    Não merecem respeito nenhum!

  9. Se estiveste na assembleia magna, sabes perfeitamente que quem sugeriu um encontro para posteriores esclarecimentos, foi o Presidente da DGAAUAlg. Parece óbvio que, se os esclarecimentos fossem dados a sugestão não era endereçada.

    Quanto à reunião, como conotaste o convite feito, já não tenho idade para brincar ao associativismo. Mostrem-me os balanços e as demonstrações de resultados e ai sim, já se pode ter a perfeita noção de alguma verdade. Já solicitei várias vezes e disso posso fazer prova, basta ir ao arquivo deste blog, e não deram.

    Já agora, fica a saber que os dados contabilísticos que faço referencia são de livre consulta aos estudantes desta instituição. Folhas de Excel já basta esta espécie de orçamento que roça o ridículo.

    Como podes afirmar que na altura “explicaram os 181 mil” se só agora eu divulguei o valor exacto? Pois colega….estiveste mesmo na assembleia? Se calhar estavas a fumar e não presenciaste essa parte.

  10. Porque é que o Joaquim Costa pediu uma reunião à Associação Académica e não compareceu?
    Na altura que eu saiba explicaram onde estavam os 181 mil euros.

  11. Concordo em parte com o comentário nº 20.

    Fala-se bastante nos cafés mas quando é para dar a cara é sempre o mesmo a dar o peito às balas É verdade. Mas não podemos esquecer que o Costa conseguiu fomentar a discussão numa escala que não me lembro de ver na academia.

    Quanto ao orçamento propriamente dito, admira-me muito que os ressabiados da AAUAlg não tenham se manifestado. São inteligentes pq se não comentarem não fomentam a discussão nem têm de dar satisfações de nada. Caladinhos que nem ratos…

    Costa, uma vez mais os meus parabéns pelo excelente trabalho e por mais este artigo tão bem trabalhado e fundamentado. Sem espinhas.

    O Costa é o Costa e ponto final!

  12. Ó pá desculpem lá…

    Mas o que é que anda o Miguel Nicolau a fazer no associativismo há já à tantos anos ???

    Que mediocridade é esta meu Deus? O pior é que parece contagiosa. Entre o tesoureiro e o presidente do CF não sei qual o pior !?

    Agora percebo o porquê da mesa nos debates, não permitiram perguntas sobre os mandato anterior, a membros que fossem da continuidade como foi e é o caso do Miguel.

    Isto não é um ataque pessoal, mas sim umas luzes de como o processo eleitoral costuma decorrer. Protege-se a incompetência!

    Vão se encher de moscas…

  13. Sê é um manifesto exagero que nos encontramos economicamente falidos, é para aí que caminhamos politicamente e é aí que estamos eticamente”

    É preciso dizer à AAUAG que já ninguém ACREDITA! Não vale a pena repetir cerimónias pomposas de dignidade se a credibilidade se esfumou. Não serve de nada compor retóricas elegantes, porque ninguém as leva a sério.

    É inútil representar uma comédia que já perdeu a graça. O público já nem sequer se indigna. Limita-se a bocejar ou mesmo assobiar (discurso do presidente da DG na alcoolização do perú, em que foi vaiado .)

    Faça-se o juízo político e até pessoal, que se fizer sobre o Joaquim Costa, a verdade é que nenhum dirigente associativo foi tão activo e tão perseguido nesta instituição. Não se pense que estas coisas são só em filmes! A ingenuidade não chega a esse ponto, penso eu…

    Contra si teve e tem os interesses instalados na Universidade do Algarve com o reitor à cabeça e o seu mais fiel e antigo aliado: AAUALG!

    Nem todos os estudantes estão alienados ou intoxicados pela mentira monstruosa que sê construiu a seu respeito….Pela competência não conseguiram, valeu a má língua e a falta de pensamento crítico de alguns estudantes.

    Enfim…

  14. Meus caros,

    posso dizer com orgulho que vi este Senhor em acção. Como poucos, sei as inúmeras vezes que se lhe foi feita frente, por vezes de forma pouco justa ou pouco ética, apenas porque o mesmo expunha algumas verdades, sem olhar a quem atingia…

    Neste caso, noto apenas que, ou é um grave caso de incompetência administrativa, ou de corrupção activa, consciente e descaradamente camuflada, passando por má fé e gestão danosa… nem sei o que prefiro, incompetentes ou ladrões! O que sei, é que às vistas de 10 000 estudantes desinteressados, estas coisas vão passando, excepto quando um ou outro “Costa” analisa as coisas com os olhos bem abertos, em com um espírito crítico, com uma busca incessante por informação, com fundamentos legais, e, basta olhar a posts anteriores, que encontramos pareceres do ministério sempre que algum assunto pouco claro vinha à baila.

    Pois bem, dinheiro é dinheiro, e não sendo nosso pior ainda. A academia colhe o que plantou, se não votaram no candidato que se apresentou manifestamente como o melhor, para votar no “mais porreiro” ou no que mais brindes deu e que até tinha umas carrinhas a andar por aí… agora notam coisas destas… Falta de informação, relatórios de contas adulterados para camuflar uma almofada financeira que ninguém sabe onde pára neste momento. Quer-se dizer, alguém sabe…

    Foi com um misto de alegria e tristeza que soube que o meu grande amigo Costa finalizou esta etapa da sua vida, mas sei que ele agora vai para outras lutas, dando o melhor de si, como sempre fez.

    Sorte terá quem te tiver ao seu lado, e que Deus ajude aquele que te faça frente.

    Quanto à AAUalg… Uma nova auditoria fiscal, feita por um tribunal de contas, e esses quase 181 000 € descobriam-se logo ou pelo menos, onde foram aplicados. Mas ainda assim, eu quero acreditar que tenha sido incompetência e não desvio de capitais… O dinheiro que apareça, para que no próximo ano as secções e núcleos não tenham um gasto tão miserável e escasso como 300 € (para mais de 10 secções e núcleos), quando nos eventos se movimenta cerca de 1 000 000 €. Para que a pedagogia e politica educativa não se fique pela metade do capital transaccionado no pelouro da informação, que gastou quase 30 000 € do “nosso” dinheiro, e que nada de importante nos disse, de tal forma que eu não sei onde param os tão falados 181 mil euros.

    Visto isto, espero que alguém melhor informado do que eu, e que saiba mais do que se viu nestes relatórios aprovados na magna em que eu também estive, possa sair do poleiro, tirar as trombas durante 5 minutos do tacho onde tem andado a comer, e explique onde raio pára este dinheiro!

    Em meu nome, e em nome de toda a academia (e que não se vir representado pelas minhas palavras que se manifeste) o nosso muito obrigado Joaquim Costa, pelo teu esforço, pelo teu trabalho e pela tua coragem.

    Ricardo Cristina (25575)

  15. Sem querer entrar no assunto das “contas” da académica, pois não sou nem economista, nem gestora, passei só para dizer que aqui se reflecte BEM o povo português… “uns fazem os outros criticam…porque não foram eles que fizeram” abençoado este povo português que tanto fala e tão pouco faz… criticando o povo português em geral, pois se fosse ao contrário o meu comentário seria o mesmo… pois toda a gente fala, mas quando chega a hora, é o COSTA que dá a cara…admiro-te por isso, Joaquim, pena que mesmo tendo razão, os apoios são mais palavras do que gestos…

  16. Costa esta universidade esta podre.

    Os bons professores são poucos, os maus alunos são muitos.

    A associação de estudantes é um grupo de amigos de infância que se preocupam com o status social.

    O resto divide-se na aqueles que se preocupam com o futuro e aqueles que conseguem a proeza de serem expulsos de aulas na universidade. Incrível!

    Como pode ver, e sabe melhor que ninguém, esta universidade esta condenada ao fracasso caso não se mude nada.

    Oportunidades para mudar houve…foste uma delas mas os estudantes preferiram umas bebedeiras à borla e muitas festas.

    Desejo-lhe boa sorte e espero vê-lo em voos mais altos.

    Nós ficamos por cá a ver mais uma associação a brincar aos “Morangos com Açúcar”…

    Viva à Universidade do Algarve! Viva à Associação!

    PS: Estudantes da universidade que tão felizes ficam com festas e bebedeiras á pato já pensam que aqueles que elegeram construiriam uma boa rede de contactos profissionais e vós? Onde andam os estágios? E as propinas?

    Pois estágios não há ( em grandes empresas) e as propinas nos mil!

    Eles sobem, muitos ficam para serem mais uns parasitas da sociedade!

  17. Costa eu tive na mesma magna e posso comprovar que aqui não há nenhuma mentira no artigo publicado.

    Tudo o publicado aconteceu, pena é que haviam poucos alunos para não se poder reprovar. Se não houvessem sites como este e pessoas como tu, este problema não era falado nem discutido em lado nenhum, continuava tudo igual.

    Felizmente ainda há alguém capaz de inverter esta situação. Estranho é que muitos dos órgãos eleitos estejam “desactivados”. Na última magna tiveram de pôr alguém na mesa do público, o núcleo da minha E.S.G.H.T. nem sinal, conselho fiscal é o que vimos. O que me leva a crer que as suas candidatura foram com o único objectivo de retirar o lugar a pessoas que fariam um trabalho mais imparcial. Para a próxima deixem trabalhar quem quer e tem vontade.

    Um grande abraço.
    Pedro Fernandes

  18. Bom dia a todos.

    Quero antes demais agradecer ao homem(pessoa) que é o Costa, pois foi um político dentro da UAlg sério. Mais sério que aqueles que andam sempre contra ele sem o conhecerem minimamente, mais sérios que certo professores que andam a ganhar rios de dinheiro e que nós pedimos mais algum trabalho e eles chamam malandros aos alunos, enfim. Espero que um dia esses professores não vão um dia trabalhar para uma empresa, pois não poderão por a sua carreira como prioridade, mas sim a própria empresa.

    Por fim falou-se tanto em crise e na falta de dinheiro, que como um comentador conceituado da sociedade portuguesa disse «os professores são os inúteis mais bem pago do país», era bom que alguém divulgasse os ordenados de cada um dos professores, como também exigir a eles mais trabalho conforme o seu ordenado igual a uma empresa quotidiana.

    Até sempre um abraço

  19. Pois é meus amigos, a vida é mesmo assim.

    Eu nem me vou pronunciar em relação há cambada de chulos, gingões e gente super superficial que lá anda, que não valem um cu, não vou dizer nomes que toda a gente o sabe, mas as cunhas dão sempre jeito, e aquelas pessoas que lá andam nem que fossem todas juntas ao pimp my ride sabiam mais que o costa, são pessoas desligas dos interesses comuns, enfim, tenho pena que não tenhas por lá passado costa, um grande abraço.

  20. Fantástico!

    “Caí” neste blog por acaso e tenho dois reparos a fazer…

    Primeiro, caros alunos, tenham o maior respeito por esses colegas da AA porque decerto um dia serão os vossos primeiros-ministros, ministros da economia ou governantes de topo e depois (numa revanche) aumentam-vos os impostos e reduzem-vos os salários.

    Segundo, a forma como hoje algumas pessoas escrevem também deixa muito a desejar… Se por um lado as novas tecnologias ajudam em muito, por outro criam maus hábitos, como por exemplo o (mau) hábito do uso do msn/chat e e-mails em línguas que não o português, leva a que se esqueçam de usar o português, o que a nível universitário não me parece muito bem; escreve-se com erros, omitem-se letras, não se acentuam as palavras… É pena que não se tenha mais consideração e empenho com a nossa língua, já basta o acordo ortográfico a assassiná-la…

    Estudem, e sejam felizes 🙂

  21. Já nada me espanta, é o governo a tomar medidas absurdas e é alunos de economia, Gestão de empresas e Gestão hoteleira a não saber a fazer contas de somar.

    Como é que conseguem ser assim tão incompetentes, será que durante o vosso longo percurso académico nenhum dos vossos professores vos ensinou a fazer contas de somar?

    Mas o mais ridículo disto tudo é que os alunos continuam a votar nesta gente para os representar. Como é que o mundo pode mudar se é já desde pequenos que começam a ….???

    Agora pergunto, onde está o DINHEIRO????

    Vocês são a vergonha desta Universidade, estão denegrir a imagem da nossa Instituição.

    Tenham vergonha, e sejam homenzinhos… admitam os erros e ganhem coragem para arcar com as consequências dos vossos actos.

    E mais uma vez, muitos PARABÉNS Costa, tens feito um óptimo trabalho.

    É com imensa pena que vejo que o blog está a chegar ao fim.

    ÉS UM EXEMPLO PARA A NOSSA UNIVERSIDADE (a AAUAlg tem muito que aprender contigo, aqueles meninos ao teu lado são muito verdinhos, ainda são bebés).

    Foi e é um prazer conhecer-te e ver que existem poucas pessoas como TU, desejo-te as maiores felicidades e que corra tudo bem daqui para a frente.

    Beijos Grandes

  22. Grande Costa

    Que grande pena que foi não teres sido eleito nas antigas eleições, já imaginavas o divertimento que seria e como as magnas estariam cheias de alunos? É pena.

    Eu estive na magna em que “isto” foi aprovado, e quando perguntam como foi isto aprovado, eu respondo, são sempre os mesmos que vão às magnas. Logo o poder dos alunos perde-se, por culpa própria, porque depois quando estes documentos mal feitos são aprovados todos ficam espantados, pois eu não. Apelo a uma maior adesão às magnas por parte dos alunos para evitar estes erros.

    Costa o teu trabalho ficou marcado porque ainda hoje oiço nas magnas insinuações a teu respeito, a tal ditadura, que tantos falam, mas como já notei sempre que falo em magnas, que cada vez são menos liberais. sou sempre repreendido por membros ou apoiantes da actual DG (uma característica de ditadura) e acusado de dizer “nada”. Eu sei o porquê.

    Quanto a este artigo, só vou tirar uma conclusão quando ouvir a outra versão, apesar de já ter tido bastante tempo para isso, mas ainda assim vou esperar.

    Fico feliz por ter pertencido a um grande projecto que foi a nossa candidatura à AAUALG, porque tive o prazer de trabalhar com alguém que um dia vai colher os frutos deste trabalho imenso realizado.

    Saudações
    Pedro Fernandes

    • Caro Pedro Fernandes,

      Tenho sempre muito apreço pelas reflexões que partilhas com todos nós neste espaço, tão bem e tão mal amado.

      A analise que faço ao Orçamento não tem lados, é extremamente pragmática.

      Se te bem lembras, eu levantei a questão nessa assembleia magna. Só não sabíamos a dimensão do valor em causa. No entanto realcei a tendência que a olho nu se destacava. Ou seja, os custo inflacionados e parte das receitas suprimidas.

      A Direcção Geral teve mais que tempo para corrigir e o conselho Fiscal dar novo parecer à luz dos lapsos que pacificamente foram admitidos nessa reunião de alunos.

      Então por carga de água publicaram o parecer do Conselho Fiscal e não o Orçamento? O do ano passado está lá para consulta. Tinham sim obrigação de rever as contas e convocar uma outra assembleia, de preferência num dia que não uma sexta-feira à tarde e convocada com 10 dias de antecedência em vez de umas horas apenas. Isto se quisermos a participação dos estudantes como é óbvio.

      Então durante a campanha não queriam eleições à 5ª feira pq a participação era mais diminuta e marcam para uma sexta- feira?

      Eu não disse nem quero insinuar que aqui houve qualquer desvio de dinheiros. Essas deduções fica a cargo dos demais utilizadores.

      Podíamos criar vários cenários, o meu preferido é que os intervenientes não têm qualquer noção do que lá andam a fazer…

      Gostaria antes que apresentassem um orçamento com outro formato, mais detalhado para que pudéssemos perceber realmente o que ali estavam a propor.

      Quando as pessoas que o elaboraram não sabem defender o trabalho que supostamente fizeram, é que já é realmente demais.

  23. Caro Conselheiro Joaquim Costa,

    Permita-me tratar-lhe desta forma, porque amanhã já não o poderei fazer em virtude do seu mandato enquanto membro do Conselho Geral, cessar no dia de hoje. Cessa porque finalizou a sua licenciatura e não continuará a ser aluno da Universidade do Algarve. Entenda-se…

    Quando o conheci na tão conturbada Assembleia Estatutária que reviu os actuais estatutos, pensei “ai meu deus quem veio aqui parar”. Algumas intervenções poderiam não ter acontecido, perdoe-me a franqueza, mas estava a dar os seus primeiros passos é natural. Mas notava-se que você era extremamente interessado.

    Concluídos os estatutos, voltei a o encontrar no Conselho Geral e deixe-me dizer-lhe com toda a sinceridade, que a sua evolução seja a nível de conhecimentos, de postura, de intervenção e qualidade crítica surpreendeu os que consigo privaram na Assembleia estatutária de 2008 muito pela positiva. Aprendeu muito rápido fruto da sua determinação e de muito trabalho.

    Na altura que anunciou a sua candidatura à direcção da associação académica, telefonei-lhe a dar-lhes os parabéns e lembro-me de proferir as seguintes palavras:

    “A universidade do Algarve precisa de uma associação académica forte, e você é a pessoa certa para trabalhar com os órgãos da universidade na resolução dos problemas. Há já muitos anos que não temos uma associação capaz de trabalhar a nível pedagógico com a qualidade com que o Joaquim trabalha ”

    Certamente pensou que eram meras palavras porque estávamos em vésperas de eleger o Reitor, mas acredite que foram ditas com muita convicção.

    Um bem haja e que tenha toda a sorte do mundo na sua entrada no mercado profissional porque você merece boas oportunidades pela competência e o rigor que emprega. Como se diz na gíria, veste a camisola e entrega-se.

    Deixo-lhe um último apelo. Independentemente do resultado da sondagem, deixe o seu trabalho disponível para consulta.

    Começamos mal, mas você ganhou o meu respeito.

    Um grande Abraço

  24. Reflecte-se na AAUAlg o espírito da incompetência e do interesse próprio que se verifica nos nossos governantes e dirigentes políticos. Escondem-se por detrás de orçamentos vagos e obscuros, dinheiros desaparecidos e desvios ilícitos – não se sabe para onde vão nem para quem. Depois, ao interrogar-se os responsáveis, estes fogem das respostas. negam responsabilidades e alegam desconhecimento.

    Força Costa, espero que não te rendas ao torpor das massas!

  25. Aproveito para agradecer o trabalho desenvolvido pelo autor do blogue, Joaquim Costa. Eu não costumo ligar muito a estes assuntos (coisa que vai mudar), mas é bom saber que há pessoas sempre atentas ao que se passa na Ualg. Estou a ver uma contagem para o encerramento do blogue, não sei os motivos para tal mas tenho muita pena que tal vá acontecer.

    Concordo com a manifestação que se fez, mas deviam ter dito logo que o dinheiro é um dos grandes motivadores, mas isso também quem perca 5 minutos a pensar no assunto e tenha 2 dedos de testa chega lá.

    É precisa uma maior transparência nestas coisas. Mais uma vez, alguém andou a lucrar à custa dos outros. E depois não se passa nada pois a maioria dos estudantes nem sabe disto.

    Gostava de saber como é que um orçamento destes foi aprovado, melhor que isto só o Sócrates e as 3 universidades onde ele tirou o curso.

    Costa, não te conheço muito bem, o ano passado foste ao jantar de anos conjunto, meu e do Hernâni. Estás convidado já para o próximo. Apesar do blogue estar a fechar, espero que continues a trabalhar para a comunidade estudante ter melhores condições. Cumprimentos, e força aí.

    • Caro Tiago,

      Antes de mais obrigado pelo comentário.

      Quanto ao convite, infelizmente não poderei corresponder com muita pena minha. Já conclui a licenciatura e não me encontro no Algarve. De qualquer das formas fico lisonjeado pela atenção.

      A minha intervenção no associativismo ficará concluída com a publicação de um livro que abordará os contrastes do ensino superior, e toda a experiência nos órgãos em que fui membro.

      Brevemente

      Saudações Académicas

  26. Sinceramente….

    Uma vez mais o Costa sozinho, dá uma lição a estes meninos.

    Curioso que o Presidente da Associação é do curso de Economia, o Tesoureiro e o Presidente do Conselho Fiscal estão a tira uma licenciatura em Gestão de Empresas. Que péssima imagem estão a dar dos vossos cursos. Nem umas contas de somar conseguem fazer de forma fiável.

    Não compreendo como se faz a apresentação de um Orçamento com este tipo de erros. Ainda por cima, o documento teve a participação do Conselho Fiscal na sua elaboração quando a sua competência é analisa-lo e dar um parecer. Parecer esse que foi extremamente favorável.

    Ou são muito incompetentes ou não sei o que pensar realmente.

    Vou sublinhar o que realmente merece nota de destaque: O grande trabalho que o Joaquim Costa desenvolveu ao longo deste tempo. Grande parte dos estudantes provavelmente não terá a noção da qualidade, nos valores e na honestidade das intervenções deste homem, que pôs toda a Universidade em sentido com uma reflexão e intervenção critica muito acima do nível que estamos habituados.

    A sua conduta no associativismo pautou-se sempre pelo cumprimento das disposições legais, sempre muito bem informado e preparado. Rara a reunião do Conselho Geral que não interveio o que consta nas actas do órgão.

    Pediu pareceres ao MCTES quando discordava por força do grande conhecimento dos regulamentos e leis que regulam o Ensino Superior. Em todos eles foi-lhe dada razão.

    Que mais posso dizer quando alguém colocou os interesses dos estudantes à frente dos seus!?

    Os medíocres gritam nas sombras que são ataques, que não tem fundamento, no entanto, nunca conseguiram dar um único exemplo da falta de fundamento.

    Esta academia desperdiçou o talento de alguém que poderia ter feito um trabalho que projectasse a universidade do Algarve para outros patamares de visibilidade e de atractividade.

    És uma grande referência a todos os níveis dentro desta instituição, e a julgar pelas as estatísticas que publicaste, além fronteiras.

    O mais sincero obrigado por tudo o que deste.

    És um gigante!!!

  27. Ora boas,

    Antes de mais gostaria de referir que me deixa estranhamente feliz o facto de, ao fim de todos estes anos, o Joaquim Costa ainda continua a fazer das suas e com o seu característico espírito critico, independentemente de isso lhe trazer alguma contrapartida/vantagem ou não.

    A minha opinião vai apenas focar-se no Orçamento 2010. Tendo em conta as demonstrações apresentadas, é facilmente detectável os erros inerentes a estas, erros estes que se fossem feitos no ensino secundário já dariam origem a uma repreensão por parte do professor.

    Sendo assim, não é compreensível como é que documentos desta importância conseguem ser feitos com estes mesmos erros e, ainda mais, aprovados posteriormente por parecer do Conselho Fiscal e votação em Assembleia Magna, mesmo depois dE referenciados na mesma.

    Ainda mais preocupante é o facto de muitos dos membros da Associação pertencerem à Faculdade de Economia e o mesmo acontece com o Conselho Fiscal. Isto demonstra com que rigor se deparam diariamente todos aqueles que fazem parte e compõem a AE. Não nos podemos esquecer que os membros da AAUAlg são os representantes directos de todos os alunos da Universidade do Algarve.

    Estas situações são constrangedoras para mim e possivelmente para qualquer ex-aluno que sinta orgulho por ter estudado nesta instituição.

    Cumprimentos.

  28. Boa tarde,

    Antes da mais gostaria de dar os parabéns pelo excelente trabalho realizado ao longo do tempo no blog, que serviu e serve para informar a comunidade académica de coisas que se vão passando no seio da universidade do Algarve.

    Se aquilo que estas a explicitar no blog e verdade é uma grave ofensa á comunidade académica, tentando fazer passar por “parvos” os quase 10 mil alunos que constituem a comunidade estudantil da UALG.

    Aqueles planos de actividades estão uma desgraça, não estou a par da totalidade dos órgãos que regem as associações académicas mas alguém tem que fazer alguma coisa quanto aqueles números, no máximo pedir a instituições superiores que tomem conta do caso.

  29. Costa,

    Fico contente por saber, primeiramente independentemente do conteúdo, que existem alunos como tu, que independentemente da opinião, analisam o que se passa na Associação, num segundo olhar, que o fazem com fundamento, quer esteja correcto não, todos são livres de dar a sua opinião e de fazer as suas análises.

    Estive presente na Magna onde foi apresentado o Orçamento, tenho pena que não estivessem presentes mais alunos, penso que por variados motivos, e aflige.me que não seja dada a devida importância, tanto por parte dos orgaos da Associaçao como por parte da maior parte alunos, a este documento, que é o Plano de Actividades e Orçamento.

    Sinceramente, aos factos por ti apresentados não vou deixar nenhum comentario, gostava de ouvir por parte da Direcção Geral algum esclarecimento referente a isso, porque tal como afirmaste, nem todos os alunos, alias, poucos devem ser os alunos que entendem a linguagem que é utilizada no Plano. É normal que assim seja, mas por isso é que os membros da Direcção Geral deveriam estar preparados para qualquer questao levantada, e aí posso deixar a minha opinião, espero que numa situação futura, os que nos representam , mostrem que estão empenhados e por dentro do que apresentam, principalmente, para fazerem passar aos alunos interessados, alguma credibilidade.

    Vou esperar que o assunto se desenvolva, e espero sinceramente, que esta situação se clarifique.

    As melhores Saudações Académicas,

    Ana Guimarães

  30. Sendo verdadeira a observação é caso para por em causa a direcção da Associação Académica.

    Em minha opinião, quanto a contas, a transparência e o rigor têm que estar acima do que quer que seja.

    Ao mesmo tempo é de louvar aqueles que se preocupam e denunciam a falta dessa transparência e de rigor.

    Há que não esquecer que com o dinheiro dos ourtos não se brinca.

A sua opinião tem importância!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s