Juros anuais passam de 6,351% para 12% aos estudantes com propinas em atraso…

A cinco dias da  data limite de pagamento da prestação de propinas (15/03/2011), os serviços académicos enviaram a seguinte informação aos estudantes, que dispensa qualquer introdução. Vejam só o poder de persuasão:

“Caros (as) alunos (as),

Como é do conhecimento de todos e de acordo com a lei e o Regulamento de Propinas da Universidade do Algarve, a falta de cumprimento da prestação da propina constitui o aluno em mora, o que implica a cobrança de juros.

A taxa em vigor era fixa e  de 1%. Contudo, a Lei do Orçamento para 2010 veio alterar a forma de cálculo dos juros de mora aplicáveis às dívidas ao Estado,  passando  a aplicar-se uma taxa variável, apurada anualmente e publicitada pelo Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público, I.P.

A taxa para o ano 2011 é de 6,351% pelo que os Serviços Académicos têm por lei, de proceder à actualização do cálculo dos juros de mora com efeitos a 1 de Janeiro.

Temos consciência das dificuldades existentes no pagamento das propinas, agora agravadas pelo  aumento da taxa de juro, em particular para aqueles que não conseguem cumprir atempadamente os prazos de pagamento previstos, mas tal mudança decorre de imposição legal.

Desde já pedimos desculpa pelos eventuais incómodos que esta alteração possa causar.

Saudações Académicas,

10 de Março de 2011 16:27

Maria Carlos Ferreira

Directora dos Serviços Académicos

Universidade do Algarve – Faro

Telf 289 800117

Fax 289 888407/8000407″

Anúncios

8 pensamentos sobre “Juros anuais passam de 6,351% para 12% aos estudantes com propinas em atraso…

  1. Caro colega,

    Se pagaste multa por pagares as propinas fora das datas estabelecidas, peço-te que envies essa informação para: geral@joaquimcosta.com para podermos analisar.

    Na verdade, a intenção do nosso pedido, é saber qual a taxa que estão a aplicar na cobrança de juros de mora. Por isso, pedimos que envies um comprovativo da prestação da propina e o respectivo juro de mora (multa)relativo a essa mesma prestação.

    Em poucas horas publicaremos o devido enquadramento jurídico da taxa aplicada.

    Garantimos que qualquer dado que possa identificar quem nos faculta informação, não é nem será facultado em circunstância alguma. É e sempre foi, e sempre será a nossa política, como facilmente se poderá comprovar em qualquer um dos artigos aqui publicados.

    Saudações

  2. A UALG é mesmo triste, foi preciso vir ao teu site para saber o valor dos juros de mora. Triste universidade….

    Agora que andam a cortar bolsas a tordo e a direito, quero ver como vai ser o futuro da UALG, uma academia às moscas!

  3. Esta palhaçada mantém-se?

    Estou com dificuldades em pagar as propinas e fui-me informar!

    E não é que a taxa não está nos regulamentos!

    Mais um insólito made in UALG

  4. A falta que faz um Joaquim Costa nesta Universidade…

    Basta ver adesão dos alunos às RGA que têm organizado em que aparecem 7 alunos em escolas com mais de 2000 alunos e por ai fora..

    Deviam fazer-te uma estátua…

    • Caro anónimo,

      Fico satisfeito pelo reconhecimento, mas uma estátua era algo desproporcional. De qualquer das formas compreendo o sentido da tua afirmação..

      Tal como não podemos contar com o governo actual para resolver as nossas questões, também não devemos esperar que a associação de estudantes resolva todos os problemas que nos aflige, mas devemos sempre exigir que cumpram no mínimo o papel que lhe cabe pela responsabilidade que lhes está inerente.

      A questão será sempre as motivações de quem lá anda..

      Saudações académicas

  5. Gostei particularmente do últimos dois paragrafos com especial incidência para:

    “Desde já pedimos desculpa pelos eventuais incómodos que esta alteração possa causar”

    Quer dizer, a Universidade até não queria mas o governo obriga. É preciso um descaramento tal que não me apraz comentar mais nada.

    Este reitor é mesmo do pior…

    Como sempre, Joaquim Costa na crista da onda..Defende mais os Algarvios que muitos Algarvios. Esta é que é esta…

    Alguém já ouviu a associação de estudantes? Pois…

  6. Ó Cristina não tenhamos ilusões…A esquerda que se diz não radical para se diferenciar do bloco de esquerda não está para brincadeiras.

    Olha, no meu 1º ano na Universidade do Algarve, paguei um valor de propinas muito superior ao que devia, e nada me disseram. Só me apercebi no ano seguinte e por mero acaso numa conversa de café.

    O caricato é que sendo credor, não paguei a 1ª prestação de propinas de então, que era relativamente inferior ao valor que me deviam, contando que fizessem o ajuste. Conclusão: ainda paguei juros pelo o atraso no pagamento.

    Quando fui aos serviços académicos para inteirar-me da situação, disseram-me que caso quisesse recuperar os 300 e muitos euros, teria de fazer um pedido ao Reitor para que os serviços de contabilidade restituíssem o valor.

    Uns dias depois enviei um email a informá-los que iria fazer o tal pedido, mas que iria exigir juros. NO dia seguinte e sem pedido algum, o dinheiro foi depositado na minha conta.

    Enfim…

  7. Epa, será difícil aceitar este pedido de desculpas por coisas que afectam tanto, e tanta gente. Tendo em linha de conta a actual situação socio-económica do país, esta subida de juros abrupta, não ajuda nada quem quer estudar no Ensino Superior. O que mais me suscita curiosidade é se a mesma taxa de juro se aplica às bolsas que se encontram por pagar aos alunos bolseiros.

    Podes desenvolver este tema joaquim?

A sua opinião tem importância!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s