Tesoureiro confirma recurso à banca para um empréstimo que poderá rondar meio milhão de euros!

A tão esperada Reunião Magna da Associação Académica da Universidade do Algarve realizou-se no passado dia 13-07-2011. À partida, as atenções estavam direccionadas para a actual situação financeira da académica, que como se sabe, está em falência técnica e irá recorrer aos despedimentos de funcionários, processo que está a decorrer. 

O inicio dos trabalhos foram bastante conturbados e de extremo constrangimento para o presidente da Assembleia Magma, Diogo Leal. Quer pelo atraso verificado até à sua suspensão por incumprimento e desconhecimento dos regulamentos, quer pelas sucessivas correcções vindas da plateia no decorrer da sessão. O embaraço foi tal, que no auditório ouvia-se um burburinho questionando a competência de Diogo Leal para dirigir os trabalhos. 

A reunião estava agendada para às 15h00, mas como é sabido, devido à falta de quórum mínimo e por imposição regulamentar, os trabalhos começam uma hora mais tarde. O mau estar surgiu pelo facto de se ter iniciado apenas às 16h35, ao ponto de o ex Presidente da AAUAlg, Pedro Barros, manifestar o seu descontentamento, considerando que o atraso o impedia de contribuir nas discussões das matérias. Pouco depois abandonou o local.

A reunião foi suspensa aproximadamente 20 minutos depois de se iniciar, após intervenção de um estudante relativa à constituição da mesa. Para não atrasar ainda mais os trabalhos, o mesmo aluno propôs que os trabalhos reatassem no ponto da interrupção.

Sabe-se agora que AAUAlg pela voz do seu tesoureiro, Pedro Oliveira, que o órgão irá recorrer à banca. Quando questionado sobre o montante, referiu que “ poderá ir até 500.000,00€”, para fazer face a um passivo na ordem dos 432.314,00€. Não acrescentou mais informações sobre o assunto.

Relativamente ao Plano de Actividades 2011 (download), lamentavelmente descortinámos que é um corte e costura do Plano de Actividades de 2010 (download). Algumas partes são integralmente plagiadas com algumas actualizações pelo meio.

No que toca ao orçamento é de todo importante realçar que o saldo apresentado no documento não é o mesmo que o passivo, são coisas completamente distintas! O saldo representa apenas os resultados do período. O total do activo, passivo e capital próprio, representa o passado e o presente de forma mais abrangente, e dá indicações do que podemos esperar do futuro, tal como a demonstração de resultados evidentemente.

À imagem dos últimos anos, não foram apresentadas as demonstrações financeiras como o Balanço, as Demonstrações de resultados e respectivos Anexos, a explicar as rubricas mais pertinentes, apenas quadros extraídos do Excel que não oferecem qualquer credibilidade tendo em conta os erros grosseiros detectados. Existe um desvio de 6.032,31 €, logo, o saldo final negativo é substancialmente diferente do que foi apresentado.

À imagem do orçamento 2010, está cheio de erros. O mesmo que detectamos um desvio de 180.894,96€ (Ver artigo) e que foi retirado do blogue da Magma para correcção e até hoje. Remetemos a nossa análise mais profunda para um ficheiro Excel (download), onde poderá consultar todos os quadros que compõem o orçamento 2011, com notas e explicações nos erros identificados e que são muitos.

Numa das questões relacionadas com o orçamento, o tesoureiro, Pedro Oliveira, aluno do curso de gestão na ESGHT, afirmou que “eu não percebo muito de contabilidade” facto esse que podemos comprovar pela mediocridade do documento. Deixou claro que os valores apresentados tiveram a certificação do contabilista que presta serviços para a AAUAlg, algo que não acreditamos minimamente! Por muito incompetente que possa eventualmente ser, nunca a este ponto e desta forma.

Terminamos com as seguintes sugestões para a discussão do assunto:

  • O Presidente da DGAAUAlg no passado dia 06-07-2011 numa entrevista dada à rádio RUA em colaboração com o Jornal Barlavento, afirmou que a marcação da reunião iria ser divulgada nesse mesmo dia. Apenas no dia 11-07-2011 foi do conhecimento público;
  • A reunião foi agendada para uma época de exames de recurso, já na sua recta final, e a um horário em que muitos estudantes estavam a realizar exames;
  • Não foram disponibilizados o plano de actividade e orçamento, para que os estudantes pudessem analisá-lo atempadamente de forma a colocarem as suas questões;
  • No Blogue da Assembleia Magna e blogue da Associação Académica não divulgaram a reunião magna;
  • O Orçamento apresenta um desvio de 6.032,31€;
  • O Conselho Fiscal absteve-se em bloco na votação do orçamento e no seu parecer anunciou que se ia abster. Outro indicador fortíssimo da discordância e desconfiança que reina entre os órgãos da AAUAlg. Adiantaram que muito provavelmente o BA Caffé fechará e que para fazer face à situação financeira da académica, despedimentos e o recurso à banca estão a ser ponderados. Afirmações que contradizem declarações recentes de Guilherme Portada que ponha de parte qualquer despedimentos;
Anúncios

32 pensamentos sobre “Tesoureiro confirma recurso à banca para um empréstimo que poderá rondar meio milhão de euros!

  1. És um idiota teleomandado. Não é preciso ser muito esperto para perceber isso.

    E então essa tua analíse ao orçamento? Pois é…grande rato que saiste!

    Mas tenho a esperança que possas justificar as tuas afirmações que tanto fazes questão de qualificá-las como se fosses um grande conhecedor do que realmente não és. Fazes acusações, afirmas que esta e aquela opnião está incorrecta, mas e a tua? Nem justificaste o que afirmas incorrecto…

    Jotinha? Parece que sim! Que triste figura…

  2. Esses gajos precisam é de ganhar vergonha. Estão a brincar com os empregos de muita gente que precisa desse dinheiro para dar de comer às respectivas famílias.

    500.000,00€

    Já que estão numa de avacalhar e gozar com a cara de toda a gente, comprem o Mantorras com esse dinheiro e metam o homem a jogar pela AAUALG. É que é mesmo das poucas coisas que falta fazerem.

    Ainda vão pagar pelo que estão a fazer. Podiam fazer como o Vale e Azevedo que andou fugido pela Inglaterra, mas estes deviam ser enviados para uma prisão na Guiné.

  3. Não percebo a enorme surpresa dos estudantes perante esta situação. Sinceramente não entendo porque temos os representantes que merecemos, logo se eles são assim tão maus, nos estudantes também somos muitos maus porque continuamos a eleger continuamente este tipo de representação.

    Tiveram oportunidade de mudar essa situação há 2 anos, não quiseram, agora que se safem com estes, azar!! Os planos de actividade continuam a ser aprovados mesmo sendo amadores, ninguém se interessa por magnas, a actual DG se fizesse um arraial com Pete tha zouk era o suficiente para ganhar as eleições, e se fossem hoje ganhariam igual não tenham duvidas!

    Eu posso criticar porque voto com consciência e vou as magnas e sei o que la se passa e como aquilo se tornou numa reunião de DG e seus apoiantes.

    Se a AAUALG encerrasse não teria pena nenhuma (excepto dos funcionários), porque nunca a vi servir o seu principal objectivo, defender os alunos! E assim era da maneira que se criava uma nova associação com fins diferentes da actual!

    T^^em o que merecem, por isso não se queixem e façam algo para mudar, mexam-se, revoltem-se, façam barulho porque eu enquanto estudante cumpri a minha parte!!
    Pedro Fernandes

  4. Estou farto de rir com estes comentarios de supostos peritos em contabilidade, não sabem distinguir orçamentos de relatorios, Os que apresentam o orçamento são incompetentes e estes supostos analistas são assim um bocado para o palhacinhos, comentam mas nem sabem o que estão a dizer.
    Uns falam de alhos e outros de bogalhos…

    Quanto á analise do Costa, tendo em conta o que prometeu e o que veio mostrar… pode-se dizer que a montanha pariu um rato. No entanto não deixa de ser o unico a dar-se ao trabalho de verificar os mapas apresentados, sim o unico, isto porque duvido que o tesoureiro se tenha dado ao trabalho de o fazer, e o presidente tb nao o deve ter feito, alias a unica coisa que deve ter aprendido a fazer na AAUAlg foi beber ate cair de cu.

    E ja agora Costinha, metade das tuas duvidas tambem so demostram que existe muita coisa que nao se aprende nas aulas de contabilidade da FE. Porque senao saberias que quando as receitas estao isentas de iva não se classificam nas mesmas rubricas das que estao sujeitas ao imposto, logo as receitas das colectividades que estao isentas de iva nao sao nem vendas nem prestaçoes de serviços (com algumas excepçoes dependendo do motivo da isençao).
    Um dia se quiseres eu explico-te. lol

    • Caro Anónimo, com tanto conhecimento acho que seria de todo interessante esclareceres os leitores em vez de de afirmares que ninguém percebe de contabilidade como tu. Parece-me um excesso, tendo em conta as vicissitudes do SNC.

      Algumas achegas ao teu comentário:

      1 – A publicação está marcada para hoje às 24h00, logo ainda é cedo para poder dizer-se que a “montanha pariu um rato”

      2 – A contabilidade tem muito de subjectivo e existem muitos caminhos para o destino final. Se percebes assim tanto, e ainda bem se for o caso, sabes disso. Também sabes que existem Demonstrações Financeiras próprias onde podemos ver explicadas as rubricas nos respectivos anexos.

      3 – Tendo em conta que o ponto 2 não foi disposto, deverias partilhar o teu conhecimento, afinal, é o objectivo disto tudo. Aprendermos uns com os outros e descobrir novos caminhos. Deverias por força do conteúdo do teu comentário, alongar mais o tema.

      4 – Todos nós aqui que comentamos, fazemo-lo com o objectivo de aprender um pouco mais, mesmo que para isso, haja batucadas. Não entendas isso como um acto de má fé, mas antes uma espicaçadela na procura de mais explicações.

      De qualquer das formas, agradeço-te que tenhas analisado o ficheiro Excel e agradecia-mos ainda mais se nos pudesses acrescentar mais qualquer coisa.

      Obrigado pelo comentário e espero o próximo com uma argumentação técnica bem fundamentada para que todos possamos aprender contigo

      Saudações académicas

    • Caro Anónimo,

      Falando nas colectividades, as receitas que não são nem vendas nem prestações de serviços a que te referes são donativos e quotas por exemplo (julgo eu). Nos caso das prestações de serviços e vendas, independentemente de estas estarem isentas de iva ou não, vão entrar nas respectivas rubricas. Portanto, acho que esse comentário não se aplica ao caso. Mas podes sempre elucidar-nos.

      Já agora, na tua faculdade os débitos ainda tinham de ser igual aos créditos ou também fomos mal ensinados em relação a isso?

      Cumprimentos.

      • Grande Diogo;

        Não estava à espera de uma intervenção desta natureza e de desta qualidade. Não que não tenhas estofo para, mas porque não é bem o teu estilo. O catalisador foi a boca da “FE”?

        Muito bom!

      • Meu caro Diogo,

        O teu comentário é revelador do teu conhecimento de como funciona a contabilidade das colectividades, ou seja, muito fraco, no caso da AAUAlg como achas que são contabilizadas as receitas do desporto? dos arraiais? da SA e RC? estando isentas de IVA não são contabilizadas como vendas/prestações de serviços e seria incorrecto contabilizar como donativos ou quotas. Como hei-de explicar isto de forma a que percebas?

        Quanto aos debitos e creditos, é obvia a resposta a essa pergunta, no entanto devo dizer que vos foi entregue um orçamento e que um orçamento não tem de ter saldo 0€, tendo em conta as noticias percebes perfeitamente que o orçamento do estado portugues tem saldo negativo.

        Outra situaçao que me deixa estupefacto é dizeres essas verborreias e o moderador do site classificar as tuas declarações com rating “AAA” lol.

        Cumprimentos

        • Meu caro observador.

          Escreveu muito para dizer tão pouco de significativo no que toca a esclarecimento.

          O Diogo está enganado, não sabe do que fala, no entanto, nada nos iluminou em termos técnicos. Parece que a sua declaração é com base no “ouvi dizer”.

          Meu caro, o Orçamento apresentado, se é que se lhe possa qualificar assim, tem de dar saldo zero, porque supostamente estão a apresentar uma demonstração de resultados. E ai meu caro “Observador”, você não percebe mesmo nada de contabilidade, se nos basearmos nesta sua afirmação.

          Gostei da sua analogia, só espero que não tenha ido parar às urgência devido ao excesso de acidez no estômago, se me permite a analogia.

          Saudações Académicas

          • Escreveste:
            “Meu caro, o Orçamento apresentado, se é que se lhe possa qualificar assim, tem de dar saldo zero”, presumo entao que por ti não podem existir orçamentos com lucro ou prejuizo… mais uma vez LOL.
            Quanto ao somatorio dos debitos e creditos ja disse que concordo com o que foi dito pois têm de ser iguais (principio basico da contabilidade), e existem falhas nos numeros apresentados pela DG, isto tendo em conta os numeros que apresentaste pois não me dei ao trabalho de confirmar, mas acredito na tua analise, no entanto nem todos os comentarios que colocaste na analise têm razao de ser e apenas resultam da tua falta de conhecimentos contabilisticos. Quando tiver tempo esclareço-te (tambem demoraste 8 dias para preparar um tal documento bomba de que ainda estamos á espera, por isso dá-me tempo), e de borla, visto que normalmente costumo cobrar pela assessoria financeira. 🙂

            • Caro Observador,

              Eu não demorei 8 dias para nada. A “Bomba” simplesmente não chegou a sair pelas razões já invocadas, a seu tempo. Talvez o artigo sobre a magna mas esse saiu 6 dias depois. Não te esqueças que a AAUAlg não disponibilizou qualquer documento, apenas impresso e na magna. Algo que contraria os anos passados mais recentes.

              Com os meus tão fracos conhecimentos em contabilidade, reconheço que sim, mas ainda assim, muito acima da média, compreendo e sei que tu também, que uma das vantagens que está inerente ao novo Sistema de Normalização Contabilística, é o aumento da credibilidade, comparabilidade e compreensão da informação financeira.

              Um dos Objectivo das Demonstrações Financeiras é proporcionar informação que transmita uma imagem verdadeira e apropriada acerca da posição financeira e do desempenho que seja útil a um conjunto alargado de utentes na tomada das suas decisões económicas. Neste caso, os utentes são os estudantes (fornecedores, banca, etc…) e com base nessa informação poderem decidir em consciência na escolha dos seus representares.

              É disto que estamos a falar, de transparência, algo que não está no documento apresentado. “Outros Rendimentos” é uma rubrica que não pode ter um uso abusivo como sabes. Se fores pedir um empréstimo é por ai que normalmente começam a pedir mais informações se não estiver devidamente discriminado em que consiste. O que aqui está em questão, é que os lançamentos estão mal classificados, não todos, mas muitos estão. O exemplo mais evidente é os quadros da COSA e da CORC. O primeiro tem registos em “Vendas” e “Prestação de Serviços” e o segundo não! Mas todos concordamos que o que difere estes dois eventos é a dimensão e as barraquinhas de curso, porque em tudo o resto são iguais. Têm concertos ao vivo, bares e restaurantes de apoio, entre outros serviços. Não é preciso ser um grande especialista para entender isto.

              Que existem situações especiais pelo facto de ser um associação académica em determinadas situações não está em causa, no entanto os princípios gerais da contabilidade são para todos.

              A meio disto tudo, poderá até surgir algumas sinergias. Que tal pedir os dados contabilísticos da AAUAlg e fazermos uma análise financeira como forma de tutoria para os menos entendidos? Poderia ser uma boa ideia, o que achas?

              Saudações

            • Ao cuidado do “Observador”

              Se realmente fosse tão bom e tão entendido na matéria, já nos teria ilucidado muito bem.

              Precisa de tempo, mas não para analisar, porque isso presume-se que já o tenha feito, caso contrário não estava a opninar.O tempo que levou a escrever um bom número de linhas, fazia o exclarecimento. Parece-me bastante razoável que assim o seja, afinal, voçê diz-se conhecedor dos procedimentos, não seria nada díficil fazê-lo.

              Precisa de tempo mas é para pensar por cabeça própria.Ou está à espera que alguém lhe prepare a resposta como é típico nos debates eleitorais!? Sim, os meninos vão com as respostas na mão e uns quantos cordeirinhos distribuidos na plateia para colocar as questões que previamente já tem a resposta preparada!?

              O que alguns de voçês têm de uma vez por todas deixar claro é que: NÓS DIRECÇÃO GERAL E AFINS, NÃO GOSTAMOS DO COSTA.

              E todos nós aqui também entendemos o porquê. Queres um exemplo? O Plano de Actividades e Orçamento que foi aprovado nesta magna, o documento não foi disponibilizado nas redes da AAUALG, mas foi no do Costa. Está tudo dito…não!!!?

              • Meus amigos,

                Não sou Direcção Geral, e ja disse que gosto mais do Costa que do actual presidente, no entanto tenho feito algumas ressalvas porque apesar do maior espirito critico do Costa ainda revela alguma precipitação nas coisas que diz.

                Um dia quando tiver menos trabalho logo vos esclareço acerca do que falei. Vou trabalhar porque é assim que ganho a vida.

                Até…

                • Para Observador altamento desatento!

                  Dizes que não és da direcção geral, que gostas mais do Costa do que do Guilherme Portada e blá blá blá e não passa disso mesmo.

                  A única precipitação que aqui vejo é sua e nas coisas que diz. Diz que existem mas nunca quais?

                  Olha, vai-te esconder que não há paciência. Novamente, o tempo que demoraste a escrever este comentário poderias ter referênciado as precipitações e outras coisas que por aqui tens dito existir, mas que só tu sabes! De uma vez por todas sê específico, chateia o guru que te tem motivado nestas intervenções, estamos todos à espera.

                  Todos nós já percebemos que voçê é um cordeiro com pele de lobo…

        • José Sócrates és tu?!

          É que falas falas e não dizes nada.

          Então só por estarem isentas de Iva já não são consideradas vendas/prestações de serviços?! Cá para mim quem não percebe nada de contabilidade és mesmo tu. Mas também, ao contrario do que disse no meu primeiro comentário, não precisas de me elucidar, já tiveste essa oportunidade.

          Boa sorte nesses serviços de assessoria financeira, deves estar a precisar.

  5. Fico contente por me chamares estudante Costa, obrigado 😛
    em relação ao resto acho melhor nem falar… pois se tiver de falar será no local próprio na altura própria…
    Mas atenção, não gastei anos da minha vida a tentar criar e a trabalhar na AAUAlg, para ela correr o risco de desaparecer de um momento para o outro.
    Por isso deixo aqui escrito o seguinte:
    Meus senhores, têm até dezembro para demonstrarem o que não fizeram em quase 2 anos.
    Tem até dezembro para assumir as responsabilidades que têm, do que fizeram e do que deixaram fazer.
    Caso isso não aconteça, podem acreditar que de uma maneira ou de outra vão ser responsabilizados, mas se calhar da pior maneira, e talvez será melhor não esperarem por isso e arrepiarem caminho.

    PS. não tenho medo e sou homem para me responsabilizar pelos meus actos e minhas palavras por isso o meu comentário está identificado.

    • 🙂 Isso não vai acontecer (arrepiar caminho)… o que vai acontecer é: em janeiro ja foi eleita uma nova direcção e ela que… feche a porta. Como se costuma dizer: “Quem vier a seguir que limpe a merda que eu fiz”

  6. Não percebo. Então a Associação não tem contabilidade organizada?!

    Se sim, esta é feita num programa de contabilidade, onde é impossível fazer os registos em que os débitos são diferentes aos créditos. Assim sendo, não percebo como já pela segunda vez as Demonstrações vêm com erros.

    Enfim, têm deixado muito a desejar.

  7. Toda aquela Magna foi vergonhosa e mais uma vez destaco a arrogância que estava na boca dos elementos da DG particularmente o Tesoureiro que apesar de n ter conhecimento sobre as questões que lhe eram feitas ainda assim respondia com ironia e arrogância…..e continuo sem entender como raio e feita a aprovação de um plano de actividades em altura de exames (não só de recurso como alguem referiu)

  8. Nas próximas eleições tem de haver uma vassourada neste lixo de dirigentes associativos!

    No ficheiro excel que o costa disponibilizou, vemos claramente os números que apresentaram e as contradições são vergonhosas. Vejamo o quadro dos serviços que está a vermelho, o número 8 se não me engano. Mas vejam que é bastante percetível!

    Demitam-se que é o melhor que fazem.

  9. É sempre imprecionante nos dias de hoje aquilo que assistimos na actualidade da AAUALG. Mais imprecionante ainda é a forma como se aina fazem as coisas, mesmo debaixo do nariz de toda a gente.

    Como é possivel ter um presidente de uma assembleia magna que nem se dá à maçada de ler o regulamento do próprio órgão? Como é possível ter uma direção geral que não diz a verdade aos estudantes, que marca reuniões como esta em tempo de exames de recurso, quando cá não está quase ninguém. Como é possível que não tenham disponibilizado os documentos em tempo oportuno para serem objecto de estudo? Como é que é possível marcarem a reunião para uma hora em que está a decorrer exames de recurso, impossibilitanto esses estudantes de participarem?

    A resposta a todas estas perguntas é clara: Esconder a verdade dos estudantes!

    Gostava de ver uma auditória às contas…

  10. Será que alguém leva a sério o Guilherme Apolinário, Diogo Leal e companhia limitada? Eu não!

    O primeiro é político e tem uma perturbação grave: É mentiroso compulsivo! Mente nos olhos das pessoas.

    O segundo, é um incompetente sem paralelo. No lugar dele, teria-me demitido na hora, tamanha foi a vergonha a que esteve sujeito.

    E saber que o dia de amanhã, poderão ser estes os políticos que nos vão governar. Vamos tão mal!!!!!!!

  11. Este meninos andam a brincar com os estudantes. Como é que é possível apresentar-se um orçamento em excel em que nem se utilizam formúlas tão básicas como uma soma. Ficou claro após ver o ficheiro em excel. É mesmo vergonhoso!

    Já estamos todos fartos destes aldrabões.

    Para comletar o mau gosto, e vincar bem a imagem desta gente, fizeram plágio do plano de actividades do ano passado, quase integral. No meio académico é de todo intolerável.

    Já agora, o ano passado na magna não consiguiram explicar o desvio de 180.894,96€ retiraram o documento do blogue da magna e não procederam a qualquer retificação tal como prometeram em magna. Este ano não disponibilizaram qualquer documento. Esta-se mesmo a ver que voçês andam a fazer porcaria!

    Se tiverem alguma dignidade, publiquem a porra das demonstrações financeiras para vermos a degradação que para ai vai!

  12. 500000 Euros… é o que dá miúdos a brincarem com a massa dos outros!

    Pois é… sabem o que fica mal? Os funcionários que ganhavam 500 Eur/mês, vão ser despedidos e na conjuntura actual nem daqui a um ano arranjam outro emprego.

    Sem o aval da UAlg, qual é o banco que hoje empresta 500000 Eur à AA?…

  13. Costa no seu melhor.

    Dá-me ideia que o único homem capaz de contestar as informações que saem da associação académica é Costa!
    Reparem que quando aqui se publica, tudo é devidamente argumentado e não dá qualquer hipotesse de desmentido!

    Acompanho regularmente este site e devo vos dizer que o Costa não é apenas uma figura do associativisno algarvio, já é uma figura nacional bastante reconhecida. Quem anda no associativismo sabe-o bem.

  14. Perante tal cenário, faço as seguintes considerações:

    1- O presidente da direcção geral é mentiroso, porque disse publicamente que a magna iria ser marcada no dia 6 de julho e só foi dia 11 de julho. Dois dias antes. Já se estava a ver que ia ser assim.

    2 – Não facultaram os documentos, mesmo para não dar hipotesse de explorá-lo, nem está disponibilizado em nenhum Site/Bloggue associado à AAUAlg.

    3- Novamente um desvio de dinheiro que ninguém percebe como pode acontecer. Só incompetência.

    4 – Rua com esta cambada de mafiosos!

    Bem hajam todos!

  15. Mais um artigo demolidor para a credibilidade da Associação Académica da Universidade do Algrave!

    Estamos a discutir as contas ou parte delas, e ainda apresentamos em excel. Para mim a questão é simples, não querem que a verdade venha ao de cima, caso contrário, acabavam com a expeculação e mostravam os dados contabilísticos correctos e não a vergonha que apresentaram.

    Em relação ao emprestimo, tendo em consideração a declaração das finanças que consta no final do Plano de Actividades e Orçamento da AAUAlg 2011, em que atesta a regularização fiscal (um dos muitos documentos necessários ao pedido de empréstimo), reforça a afirmação do Tesoureiro.

    Não me lembro de uma direcção geral tão incompetente…

    O Costa está na Área…

A sua opinião tem importância!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s