UAlg: Digníssimo “INSIGNE PERSONA” se vai praxar este artigo é para si!

REGULAMENTO DAS PRAXES PARA PRAXANTES

Tendo em conta o disposto no código de praxe da Universidade do Algarve, os alunos que no ano lectivo de 2011/2012 irão receber, acolher e integrar os seus pares recém-chegados no seio da nossa mui nobre instituição, tendo em vista o melhor funcionamento dessa integração e para que estas práticas ocorram com o máximo respeito entre todos os intervenientes,  entendemos ser da máxima importância relembrar a todos quantos queiram participar nas cerimónias, que nunca é demais relembrar as regras do jogo.

Os seguintes artigos do supracitado regulamento abaixo transcritos, resumem os pontos fundamentais, com especial atenção nas matérias mais sensíveis, que todos os anos gera alguma tensão entre os praxantes:

 Artigo 5ª – Hierarquia da Praxe 

Passamos a citar os títulos hierárquicos vinculados na Universidade do Algarve:

     a) Besta – uma matrícula, sem ser baptizado;

     b) Peru – uma matrícula e baptizado;

     c) Caloiro – um matrícula e após a semana académica

     d) Gangrena – duas matrículas e metade do primeiro ano reprovado;

     e) Mancebo – duas matrículas;

     f) Académico – três matrículas;

    g) Veterano – quatro matrículas;

    h) Velha Guarda – cinco matrículas ou mais;

Artigo 24º – Definição de Académico

Académico é todo e qualquer aluno que ainda não desistiu desta vida académica, matriculando-se pela terceira vez consecutiva na Universidade do Algarve e que tenha passado pelos anteriores graus hierárquicos,  tendo como principal responsabilidade organizar a praxe, integrando os mancebos.

Artigo 25º – Estatutos

De acordo como a hierarquia estipulada no artigo 5º, do Capitulo I, do presente código e após 2 anos de massacre psicológico, intelectual e físico, é chegada a hora de contemplar os mesmos com estatutos à sua altura, seguidamente enumerados:

     a) O académico tem direito a praxar sobre o seu curso;

     b) É responsável pelas praxes que executar;

     c) É responsável por integrar os restantes INSIGNES PERSONAS;

     d) É responsável pela eleição dos perus do ano;

     e) Tem o dever de instruir os mancebos na arte da Praxe;

     f) Deverá zelar pela correcta aplicação do presente código de praxe;

  g) Identificar de entre os seus colegas, aqueles que anteriormente se declararam Anti-Praxe.

INSIGNE PERSONA –  é a designação dada a qualquer estudante cujo grau hierárquico seja igual ou superior ao de Académico (três ou mais matrículas). 

A RETER

1. O veterano possui poder de praxe nos cursos da sua Unidade Orgânica, após dar conhecimento à Comissão de Praxe dos respectivos cursos  (artigo 27º), assim como o dever de zelar pela boa aplicação da conduta de praxe, devendo intervir caso necessário (artigo 27º).

2. O Velha Guarda possui pleno privilégio de praxe nos cursos da sua Magnífica Instituição, após dar conhecimento às respectivas Comissões de Curso  (artigo 29º), assim como o dever de zelar pela boa aplicação da conduta de praxe, devendo intervir caso necessário (artigo 29º).

3. Em caso de conflito, o mesmo é mediado pelo INSIGNE PERSONA DUX expoente máximo da praxe que é eleito pelo conselho de veteranos, ou na sua ausência designado pela Direcção Geral da Associação Académica (artigo 8º).

4. Todas as situações omissas serão avaliadas pela Direcção Geral da Associação Académica da Universidade do Algarve.

DIREITOS E DEVERES FUNDAMENTAIS DAS BESTAS

Artigo 15º – Direitos

Sendo a Besta um ser inferior, os seus direitos resumem-se rápidos, concisa e verdadeiramente:

    a) Ao cumprimento dos seus deveres;

    b) A declarar-se anti-praxe, caso não queira aceitar os seus deveres;

    c) Ser tratado condignamente, não indo contra a condição do ser humano;

   d) Tem direito de recorrer a qualquer situação ao Tribunal de Praxe, no caso de contencioso, submetendo-se à decisão do mesmo;

   e) Escolher o seu Padrinho/Madrinha de entre qualquer INSIGNE PERSONA do seu curso, com grau hierárquico de académico ou superior;

    f) Receber um nome de praxe que caracterize a sua condição de besta.

Artigo 16º – Deveres

    a) Comparecer a todos os eventos organizados pelos seus ilustres Académicos;

    b) Ser moderado no uso da palavra, respondendo apenas quando interpelado;

   c) Deverá ser servil, obediente e resignada;

   d) A besta não tem opinião sobre a matéria;

   j) A besta mostrar-se-á sempre respeitosa para com a INSIGNE PERSONA, tanto verbalmente como através da sua linguagem corporal;

   z) A besta é conhecedora da hierarquia da praxe e do seu código.

Artigo 33º – Apadrinhamento

Toda a besta terá o dever de implorar que um digníssimo INSIGNE PERSONA faça o sacrifício de o apadrinhar. Para o convencer de tal acto heróico, deverá efectuar um pedido individual e por escrito, devendo este ser realizado até 24 horas antes do seu baptismo. 

Nota:  Todos os artigos que aqui constam foram transcritos do actual Código de Praxe da Universidade do Algarve.

Adaptado de: http://praxes2011.blogspot.com/p/praxar-implica-saber.html
Anúncios

3 pensamentos sobre “UAlg: Digníssimo “INSIGNE PERSONA” se vai praxar este artigo é para si!

  1. Dúvida: 1º Ano praxado num curso da UAlg. No ano seguinte transfere-se para outro da UAlg e não é praxado. No ano seguinte (3ª matrícula portanto) pode praxar no segundo curso?

    • Estimado Marco,

      Realmente a tua sugestão é pertinente e há muito por dizer a esse respeito. No entanto, visto ser um tema do teu agrado, lanço-te o desafio de elaborares esse artigo de opinião para ser publicado aqui.

      Podes o enviar para determinado21@gmail.com

      Saudações Académicas

A sua opinião tem importância!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s